Visconde do Rio Branco, 19 de junho de 2019

17º SEMANA DOS MUSEUS MOBILIZOU DIFERENTES SEGMENTOS CULTURAIS DE VRB

23 de maio de 2019

PROMOVIDO PELO MUSEU MUNICIPAL, EVENTO TEVE HOMENAGEM ESPECIAL AO MÚSICO RIO-BRANQUENSE LUIZ VIOLÃO

A 17ª Semana dos Museus movimentou os diversos segmentos culturais de Visconde do Rio Branco entre os dias 16 e 19 deste mês. Promovido pelo Museu Municipal, que segue o calendário nacional do Instituto Brasileiro dos Museus (IBRAM), o evento foi apoiado pela Prefeitura, que para valorizar o trabalho desenvolvido em prol da preservação histórica da cidade, disponibilizou a sonorização solicitada para as apresentações realizadas.

Além do tema central “Museus como Núcleos Culturais: o Futuro das Tradições”, a edição deste ano da Semana dos Museus de VRB prestou uma homenagem especial ao músico rio-branquense Luiz Roberto, que teve a sua trajetória profissional relatada em palestra proferida pelo radialista Tom Carlos. “Conhecido pelos rio-branquenses como Luiz Violão, Luiz Roberto brilhou no conjunto “Os Cariocas” e marcou época na Música Popular Brasileira como cantor, compositor e instrumentista. Em boa hora, o museu lembra este, que foi o maior artista da música de Visconde do Rio Branco no cenário nacional e morreu no palco, quando de um show na Jazz Mania, casa noturna no Rio de Janeiro, em 1988. Ele tinha uma relação de amor com a sua cidade natal, estava sempre aqui visitando os parentes, a rádio, os velhos amigos e todo esse carinho foi representado na “Canção Passarinho”, gravada em 1974”, falou Tom Carlos.

A programação da Semana dos Museus ainda contou com exposição de esculturas da artista plástica Alaíde Ferraz e apresentações musicais de artistas da cidade. “Tivemos um público muito válido e o nosso propósito é atingir todas as camadas. Gostaria de agradecer os músicos e palestrantes que participaram com a maior boa vontade. A gente fica feliz, porque é uma grande ajuda para a realização dos nossos eventos e com isso, nós mostramos à sociedade e às novas gerações, temas e pessoas como o Luiz Violão”, disse a Fundadora e Diretora do Museu Municipal, Therezinha de Almeida Pinto.

INVESTIMENTOS DA PREFEITURA ELIMINAM RISCOS DE INCÊNDIO NO PRÉDIO DO MUSEU

Com recursos provenientes de uma ação civil pública, destinados à preservação do Patrimônio Histórico Rio-branquense, a Prefeitura investiu, em 2017, na reforma das instalações elétricas do Museu Municipal. A rede antiga tinha mais de 100 anos e um laudo técnico apontava risco iminente de incêndio, que poderia ser ocasionado devido à possibilidade de um curto circuito. “Recentemente, vimos o edifício histórico do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, ser tomado pelas chamas e ter grande parte do seu acervo destruído. Foi um fato que, apesar de lamentável, tornou ainda mais valoroso os investimentos que realizamos para eliminar os riscos de algo semelhante acontecer em nosso museu. Felizmente, conseguimos fazer a reforma necessária no tempo certo, garantindo a preservação da memória rio-branquense, recrutada com tanto carinho e dedicação pela Dona Therezinha”, afirmou o Prefeito Iran.



24 de maio de 2019 - 07:56

Data da Última Modificação: 24 de maio de 2019 - 07:56

Comments are closed.