Visconde do Rio Branco, 31 de março de 2020

EQUIPES DE PSF’s SÃO CAPACITADAS PARA ATENDIMENTO A DEPENDENTES QUÍMICOS

25 de outubro de 2019

PREFEITURA PREPARA PROFISSIONAIS QUE ATENDEM POPULAÇÃO PARA ORIENTAR SOBRE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

Para proporcionar acolhimento e tratamento adequado para dependentes químicos sem recorrer a internações, a Prefeitura de Visconde do Rio Branco iniciou, em outubro, uma capacitação sobre álcool e outras drogas para as equipes as dez unidades da Estratégia Saúde da Família. A primeira reunião aconteceu no PSF Dr. Luimar Benatti Moreira, no Bairro Alto da Boa Vista, no dia 09, sendo ministrada por profissionais do setor de Saúde Mental e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), inclusive apresentando os equipamentos municipais pertencentes ao SUS que oferecem apoio técnico especializado para as pessoas que querem tratamento.

O foco principal da capacitação, que ainda está em andamento nas unidades de PSF, é fortalecer o acolhimento no SUS de pessoas com problemas de vícios, como explicou Jonathan Júnior, Técnico de Enfermagem do CAPS. “Nós observamos a importância de enfatizar que o dependente químico tem direito à saúde. Ele pode receber o tratamento nos PSFs e também no CAPS, que tem equipe multidisciplinar com psicólogo, enfermeiro, médico psiquiatra e oficinas terapêuticas. Quem está enfrentando este problema pode ser atendido em VRB mesmo, com tratamento em liberdade, onde ele não precisa sair do território, do leito familiar e ir para uma comunidade terapêutica. Com isso, o paciente fica mais protegido e o tratamento tem eficácia maior”, explicou Jonathan, que ministra a capacitação ao lado de Nara Queiroz, Referência Técnica da Saúde Mental na cidade.

DEPENDENTES QUÍMICOS JÁ SÃO TRATADOS EM VRB E DEMONSTRAM BOA RECUPERAÇÃO

A Agente de Saúde Carla da Luz, que atua no PSF Alto da Boa Vista desde 2016, relatou que no cotidiano de visitas às famílias ela encontra as dificuldades com uso de álcool e outras drogas, mas também contou que já tem casos encaminhados ao CAPS e com melhora no quadro. “O problema é bem frequente aqui na área e o fato deles trazerem o tratamento para VRB será muito bom, porque os familiares não ficam distantes. Geralmente, eles desistiam por ficarem longe e fora de convívio. Inclusive, tenho dois cadastrados de uma mesma família que estão em tratamento no CAPS. Um paciente já está ótimo, continua acompanhado, mas está livre do vício. O outro está melhorando e procurou o serviço por causa do irmão, e ele está indo bem”, contou Carla.

O médico da Unidade também participou da capacitação, e ressaltou a importância de ter este acolhimento a nível municipal. “Este é um assunto importante dentro do contexto da comunidade do Alto da Boa Vista. Estou aqui há dois meses e me deparei com esta realidade, de dependentes com transtornos orgânicos e também com sofrimento mental. Tem muito impacto no nosso atendimento, e estas reuniões são necessárias, integrando a Atenção Básica, entre os PSFs e o CAPs e outros serviços da Atenção Secundária. O Governo Federal deixou de investir no CAPS, direcionando recursos para as comunidades terapêuticas. Porém, os estudos demonstram que a recuperação é muito maior nos CAPS, porque apesar de não ser internado, o paciente recebe um apoio técnico muito mais intenso que nas comunidades. Então, a Gestão da Saúde de VRB está indo contra a corrente atual e está investindo no CAPS. O SUS tem evoluído e tenho visto esta atitude muito positiva na atual Gestão”, falou Dr. André Teixeira.

O Secretário Municipal de Saúde, Thiago de Castro, pontuou sobre o esforço em integrar os diversos equipamentos municipais, a fim de ofertar um sistema que contemple as necessidades que a população tem apresentado. “É importante destacar que a Prefeitura tem feito um investimento enorme nos servidores, em capacitações aqui e também em outras cidades. A dependência química não afeta somente os indivíduos, mas também a sociedade como um todo, até outras áreas da Prefeitura são atingidas como o Desenvolvimento Social, que trabalha lado a lado conosco nesta empreitada. Então, unidos, conseguimos dar a atenção devida às pessoas e comunidades que enfrentam estes desafios”, afirmou Thiago.

 



25 de outubro de 2019 - 13:50

Data da Última Modificação: 25 de outubro de 2019 - 13:50

Comments are closed.

Abrir Zap
Fazer uma denúncia sobre Coronavírus...
Fazer uma denúncia sobre Coronavírus...
Powered by