Visconde do Rio Branco, 19 de junho de 2019

ALUNOS DO COLÉGIO MUNICIPAL PARTICIPAM DA OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA

14 de maio de 2019

ENTRE 120 MIL ESTUDANTES INSCRITOS, TRÊS DO COLÉGIO FORAM SELECIONADOS PARA PARTICIPAR DA SEGUNDA FASE

Visconde do Rio Branco teve representação de sua classe estudantil na 15ª edição da Olimpíada Brasileira de Biologia, competição de três fases organizadas pelo Instituto Butantan. 40 alunos do Colégio Municipal Rio Branco e sete da Escola Estadual Dr. Celso Machado se inscreveram entre os mais de 120 mil estudantes do ensino médio de escolas públicas e privadas, cadastradas pelo Ministério da Educação (MEC). A primeira fase foi realizada dia 23 de março, selecionando 40 participantes da Zona da Mata de Minas Gerais para a segunda fase, dentre eles três do Colégio, que fizeram a segunda prova no campus da UFV, em Viçosa, dia 28 de abril.

O evento contribui para despertar o interesse do estudante pela Biologia, como contou Andressa Pena, integrante dos três alunos do Colégio classificados para a segunda fase. “A prova é totalmente diferente de outras que já fizemos, muito contextualizada e difícil, tem todos os materiais que estudamos mas é complicada por ser de nível superior. Sempre gostei de Biologiae a Olimpíada nos permite uma maneira de aprender mais, se preparar para o Enem e evoluir na matéria”, disse Andressa. Para outro classificado, Weller Santos, o evento colabora para aproximar a Universidade do Ensino Médio. “Foi uma prova bem elaborada e era necessário bastante preparação. Foi muito legal, tive contato com materiais que antes eu não tinha visto, adquiri conhecimento e pude revisar o que já havia aprendido”, falou Weller. A estudante Laura Dias, outra classificada que participou da segunda etapa, destacou que as competições nacionais auxiliam a difundir o prazer de estudar. “Biologia é uma das matérias em que tenho mais facilidade. Na maioria das vezes, o pessoal só pensa nas olimpíadas de matemática, então para mim foi uma oportunidade de ter contato com um material muito interessante”, relatou Laura.

A 3ª fase da Olimpíada, com lista de classificados ainda a ser divulgada, compreende um treinamento prático no Instituto Butantan para apenas 15 estudantes, e dentre estes, quatro serão classificados para participar da Olimpíada Internacional de Biologia, que neste ano será feita na Hungria. Acima desta possibilidade, a professora de Biologia Virgínia Samor, que inscreve os alunos na competição de forma voluntária, descreve que a participação é importante para o desenvolvimento intelectual. “Os alunos e eu ganhamos ao reafirmar, com nossa participação, que estamos no caminho certo da aprendizagem. A prova é considerada mais difícil que o próprio Enem, envolvendo assuntos da biologia do cotidiano, como o desastre de brumadinho e o incêndio do Museu Nacional, com questões difíceis de solucionar. Ver que os meninos foram bem é uma confirmação que o trabalho está sendo bem construído”, relatou Virgínia Samor, professora de Biologia.



15 de maio de 2019 - 11:15

Data da Última Modificação: 15 de maio de 2019 - 11:15

Comments are closed.