Visconde do Rio Branco, 18 de setembro de 2019

CAMPANHA CONSCIENTIZA CRIANÇAS E ADOLESCENTES CONTRA O ABUSO SEXUAL

22 de maio de 2019

PASSEATA E ATO PÚBLICO NA PRAÇA DIVULGARAM O “DISQUE 100” PARA DENÚNCIAS ANÔNIMAS

Muita alegria e informação foram transmitidas na passeata da campanha “Faça Bonito”, movimento nacional que aconteceu na última sexta-feira (17) em todo o Brasil para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Portando cartazes, cantando músicas e distribuindo folhetos, professores e alunos de escolas públicas e particulares aprenderam sobre proteção e também ensinaram as pessoas sobre a importância de preservar a segurança na infância, buscando divulgar programas de prevenção e denúncias pelo Disque 100.

O principal objetivo da campanha é capacitar as próprias vítimas a reagir em casos de ameaça de violação de Direitos, e Gabriela Maria, estudante de 11 anos, já sabe bem como se proteger.“A campanha é sobre abuso, e se alguma criança e adolescente sofrer isso, tem que denunciar no número 100”, disse ela. Outra aluna, Vitória Rocha, de 10 anos, também demonstrou que entendeu a mensagem. “Os direitos humanos devem ser bem aprendidos para fazer o bem para todos, e se alguma criança estiver sofrendo abuso sexual tem que ligar para o número 100”, informou.

A Campanha Faça Bonito é organizada em VRB pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através do CREAS*, e conta com parceiros voluntários, como foi o caso de Douglas Nunes, mais conhecido como Mágico Duda. “Esse já é o quarto ano que participamos e a nossa intenção é reforçar o combate ao abuso de crianças e adolescentes, trabalhando em prol dessa causa boa”, disse Douglas. “Queremos que as crianças entendam e percebam que tem segredos que não podem ser guardados, tem certos tipos de toques que não podem ser permitidos, pois o corpo delas tem partes que precisam ser respeitadas, e a maior lição desse dia é dizer não para o autor de violência, correr e compartilhar com uma pessoa de confiança o que ela está passando, ou ligar para o Disque 100”, reforçou Carol Figueiredo, Secretária Municipal de Desenvolvimento Social.

Denúncias de abuso ou violência sexual contra crianças e adolescentes, bem como violação dos direitos humanos, podem ser feitas anonimamente através do disque 100.

 Clique aqui e veja álbum de fotos do evento.



23 de maio de 2019 - 14:35

Data da Última Modificação: 23 de maio de 2019 - 14:35

Comments are closed.