Visconde do Rio Branco, 14 de dezembro de 2018

COLÉGIO MUNICIPAL RIO BRANCO MAIS UMA VEZ É DESTAQUE NA OBMEP

29 de novembro de 2018

SEIS ALUNOS DA INSTITUIÇÃO CONQUISTARAM MEDALHAS NA PROVA APLICADA A MILHÕES DE ESTUDANTES BRASILEIROS

Alunos e professores do turno matutino celebraram o bom desempenho na OBMEP 2018.

Uma medalha de ouro, outra de prata, mais quatro de bronze e 30 menções honrosas, além de dois professores homenageados. Esse foi o saldo do Colégio Municipal Rio Branco na 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). O resultado divulgado nesta semana pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada foi recebido com entusiasmo pela direção e toda a equipe pedagógica, que celebraram o êxito dos alunos e o fato da escola ser novamente destaque na prova aplicada a milhões de estudantes do país. Reconhecida como referência na região, a instituição rio-branquense recebe constantes investimentos da Prefeitura, que mantém os Ensinos Fundamental II e Médio, embora não seja de responsabilidade do município.

A Diretora do Colégio, Tetê Amin, apontou a dedicação dos professores no trabalho junto aos alunos como primordial para o sucesso deles na avaliação. “Essa conquista não foi à toa. Temos uma equipe de professores comprometida e que gosta de trabalhar especificamente para a Olimpíada, o que faz toda a diferença. Recebemos o resultado com muita alegria e vibramos bastante, pois sabemos que a premiação influencia mais tarde no currículo dos alunos”, disse. ”Além do gostinho especial pela tão sonhada medalha ouro que no ano passado não conseguimos conquistar, ver os alunos se sobressaindo em uma disciplina tão temorosa como a matemática é muito importante pra gente”, salientou a Professora Alaíde Zonta, que fez parte do quadro de profissionais responsáveis pela preparação dos estudantes para a OBMEP.

Entre os medalhistas de 2018, dois já haviam sido agraciados em anos anteriores. “A prova foi bem difícil, mas eu estava preparado por causa da experiência do ano passado e já tinha uma ideia de como funcionava. Nunca imaginei que eu pudesse ganhar a medalha de ouro. Fiquei muito feliz quando minha mãe me deu a notícia, pois ela sabe o quanto me dediquei”, contou Pablo Vifer, de 13 anos, que em 2017 recebeu a medalha de bronze. “Já havia ganhado uma de bronze antes e fiquei muito realizada com a conquista da medalha de prata, ainda mais por ser o meu último ano de participação na OBMEP. A preparação do Colégio para a prova é ótima, desde a base do 6º ano até agora, com a conclusão do Ensino Médio, os professores sempre destacaram a importância da Olimpíada para o futuro acadêmico”, relatou outra bi medalhista, a Maria Luiza Ferreira, de 17 anos.

“TODOS SABEM DO NOSSO EMPENHO PARA OFERECER UM ENSINO DE QUALIDADE NA REDE MUNICIPAL”, AFIRMA O PREFEITO

“Hoje enfrentamos um conturbado momento financeiro por conta da falta dos repasses estaduais, mas todos sabem do nosso empenho desde 2013 para oferecer um ensino de alta qualidade na Rede Municipal. Os resultados dos alunos do Colégio em provas a nível nacional nos últimos anos são impressionantes e atribuo isso aos investimentos que realizamos, aliado à dedicação dos alunos e ao compromisso de toda a equipe da instituição. Saber que mais uma vez os jovens rio-branquenses fizeram bonito na OBMEP é um importante estímulo para que possamos superar as adversidades e continuar trabalhando não só pela educação, mas por todas as áreas que são responsabilidade da Prefeitura”, afirmou o Prefeito Iran.

Professora Márcia Iasbik e aluno Pedro Henry, do turno vespertino. Estudante foi um dos agraciados com menção honrosa pelo desempenho na 14ª OBMEP.



3 de dezembro de 2018 - 13:19

Data da Última Modificação: 3 de dezembro de 2018 - 13:19

Comments are closed.