Visconde do Rio Branco, 24 de maio de 2019

PREFEITURA APOIA POLÍCIA MILITAR PARA REALIZAÇÃO DA PATRULHA DE PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

15 de abril de 2019

ALÉM DE RONDAS E VISITAS, PM TERÁ AÇÕES INTEGRADAS COM CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO DA MULHER

Para ampliar ações de segurança e oferecer apoio às vítimas de agressão e abusos, a Prefeitura de Visconde do Rio Branco firmou apoio para a Polícia Militar de Minas Gerais iniciar a Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica. O serviço foi iniciado em abril e presta um atendimento especializado às vítimas de violência, realizando rondas e visitas domiciliares, atuando para  orientá-las sobre medidas protetivas previstas em lei, a procurar ajuda no Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), implantado pela Prefeitura em VRB em 2018.

O serviço tem o intuito de quebrar o ciclo da violência contra a mulher, protegendo a vítima e impedindo novas agressões. “Estamos fortalecendo e ampliando a rede de proteção às mulheres, conseguindo o apoio do Ministério Público, Defensoria, Polícia Civil e Militar, agora trabalhando em conjunto, em ações integradas, para evitarmos novos casos de agressões e abusos. O serviço da Patrulha irá reforçar a segurança, e a nossa equipe exclusivamente feminina do CRAM terá uma confiança maior para as ações que executam”, explicou Carol Figueiredo, Secretária Municipal de Desenvolvimento Social.

A equipe da Patrulha é composta pela Soldado Pâmela, Cabo Bernardes e Soldado Cristiano, que possuem o curso de patrulhamento preventivo à violência doméstica. “Acertamos que a PM fará fiscalização no cumprimento de medidas protetivas, daquilo que foi previsto em juízo para os autores de violência doméstica cumprirem. Então, deixamos a disposição uma equipe de policiais para esta fiscalização in loco, na casa destas vítimas. Também vamos encaminhar ao CRAM os boletins de ocorrências de violências domésticas para um atendimento especial e humanizado, acompanhando de perto estas pessoas”, explicou Capitão Paro, Comandante da 111ª Cia da PM em VRB, que acrescentou que o autor de violência doméstica é monitorado pela patrulha, como forma de inibir novas agressões.

PREFEITURA FORTALECE SETOR ESPECIALIZADO EM POLÍTICAS SOCIAIS PARA AS MULHERES

Para receber apoio e serviços do CRAM, não é necessário registrar B.O. “A denúncia é espontânea e a própria vítima, ou testemunhas, podem nos procurar. É só chegar que iremos auxiliar e informar ações que devem ser tomadas para proteção. Temos uma equipe com assistente social, psicóloga e apoio jurídico. Inclusive, temos terapia para as vítimas, que muitas vezes precisam passar por um empoderamento para superar a situação”, contou Larissa Calderano, Psicóloga do CRAM.

“Conquistamos o 1º Centro de Referência de Atendimento da Mulher de VRB, uma vitória muito grande para esta causa, colocando ali profissionais capacitados para agir em favor desta parte da população. Prosseguimos com o fortalecimento deste equipamento para que a Rede de Proteção funcione e dê toda assistência necessária às rio-branquenses que por ventura estejam sendo violadas. A cidade que queremos, melhor e mais segura, passa pela preservação dos direitos da mulher”, afirmou o Prefeito Iran.

 

Centro de Referência da Mulher

Endereço: Praça José Bittencourt, nº 26- Bairro Alto da Boa Vista

Horário de atendimento: 08h às 16h

Telefone: 3539-1926 ou pelo Disque 100

O atendimento é sigiloso.



17 de abril de 2019 - 13:34

Data da Última Modificação: 17 de abril de 2019 - 13:34

Comments are closed.