Visconde do Rio Branco, 27 de janeiro de 2020

PREFEITURA FECHA 2019 COM SALÁRIOS EM DIA E SEM DÉBITOS JUNTO AOS FORNECEDORES

6 de janeiro de 2020

MEDIDAS ADOTADAS PELA GESTÃO MUNICIPAL MINIMIZARAM CRISE FINANCEIRA OCASIONADA POR CONFISCO DE RECURSOS ESTADUAIS

A retenção de recursos praticada pelo Governo do Estado até os primeiros meses do ano passado ocasionou um colapso financeiro em centenas de Prefeituras mineiras que sequer conseguiram arcar com os vencimentos de seus servidores. Apesar das inúmeras dificuldades enfrentadas por conta do confisco de R$ 16 milhões, em Visconde do Rio Branco, a Gestão Municipal adotou uma política de austeridade e implementou diversas medidas de contenção que possibilitaram fechar 2019 com a folha de pagamento em dia, inclusive quitando o 13º salário antes do prazo previsto na legislação trabalhista, além de saldar os débitos em aberto junto aos fornecedores.

O Prefeito Iran salientou as adversidades superadas, ressaltando ainda que do montante devido à VRB, R$ 6 milhões não serão pagos. “O início de 2019 foi bastante atribulado, porque além da dívida já existente, o novo Governo ao tomar posse, não regularizou de imediato a destinação dos repasses, o que começou a acontecer somente a partir de março. Para equilibrar as finanças e evitar que o salário do funcionalismo e os serviços básicos fossem afetados, tivemos que tomar medidas que não gostaríamos. Muitas delas, inclusive, são consideradas impopulares, mas o momento adverso que enfrentávamos, nos obrigou a adotá-las. No acordo firmado pela AMM, ainda deixaremos de receber os valores referentes aos recursos da saúde. Entretanto, apesar dos problemas vivenciados, conseguimos ir na contramão de muitas cidades e encerramos 2019 sem débitos. Isso é resultado do planejamento que realizamos para superar os desafios e seguir trabalhando para fazer sempre mais pela população rio-branquense”, afirmou.



7 de janeiro de 2020 - 08:44

Data da Última Modificação: 7 de janeiro de 2020 - 08:44

Comments are closed.