Visconde do Rio Branco, 20 de janeiro de 2019

PREFEITURA INAUGURA NOVA CABINE TELEFÔNICA DO PONTO DE TÁXI

4 de janeiro de 2019

MELHORIA FAZ PARTE DA REVITALIZAÇÃO REALIZADA NA PRAÇA 28 DE SETEMBRO EM 2018

Para completar a revitalização da Praça 28 de Setembro, foi inaugurado no dia 22 de dezembro a nova cabine telefônica do Ponto de Táxi. O principal cartão postal da cidade ganhou novos bancos, reforma de canteiros e novo paisagismo com mais verde e folhagens nos jardins. Completando o visual, a Prefeitura de Visconde do Rio Branco instalou uma nova cabine telefônica, protegida com vidro temperado para possibilitar o atendimento em quaisquer condições climáticas e de som. Para homenagear a classe taxista, o Ponto de Táxi* recebeu o nome de “Mazílio Lopes da Silva” (Lei 1.454/2018), um dos pioneiros da profissão em VRB e que lutou pela ligação do primeiro telefone na Praça.

Os taxistas aprovaram a iniciativa. “A cabine valorizou a classe e deu comodidade. Antigamente, não tínhamos um espaço adequado para o telefone, ficou excelente”, contou Tales Cardoso. “A nova cabine ficou muito boa, vamos trabalhar normalmente com sol e com chuva. E para nós é uma satisfação muito grande em ter homenageado um taxista que, sem dúvida nenhuma, abriu as portas para todos nós aqui”, disse Mirvane Charles, conhecido como Binha, taxista.

A família do patrono participou da inauguração da cabine, que possui uma placa contendo um breve histórico da vida de Mazílio. “Nos sentimos muito honrados, pois meu pai era um homem simples mas merecedor desta homenagem. Ele era guerreiro que lutou muito pela classe, se empenhou muito para a instalação do primeiro telefone na Praça, o que na época era um feito pois conseguir uma linha era dificílimo e muito caro. Isso tudo fez ele crescer como pessoa e ser nosso exemplo de trabalho honesto. Naquela época, era uma cabine simples, mas agora está linda e moderna”, relatou Rosinha Lopes, uma das três filhas de Mazílio.

REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA VALORIZA CENTRO E COMÉRCIO DE VRB

“A Praça 28 de Setembro ocupa um lugar especial no coração dos rio-branquenses. Toda a revitalização aplicada foi para deixar o lugar ainda mais agradável e propício para o convívio das pessoas, que se encontram aqui para conversar e ter lazer. Aplicamos, inclusive, luz localizada nos canteiros, formando um cenário lindo à noite. Além disso, foi o primeiro local de VRB a receber a iluminação de LED nos pontos de luz, mais luminoso e bonito que as lâmpadas antigas. Por fim, o Ponto de Táxi faz juz a memória do Sr. Mazílio, falecido a uns dois anos, que deixou um legado de trabalho aplicado honrado”,  afirmou o Prefeito Iran.

 

Ponto de Táxi ‘‘Mazílio Lopes da Silva’’

Mazílio Lopes da Silva, homem simples, nascido em 27 de junho de 1919, na localidade de Ribeirão Vermelho, município de São Geraldo. Foi agricultor por alguns anos e na década de 1940 mudou-se com seus pais para Visconde do Rio Branco, onde desempenhou diversas atividades até se tornar motorista de praça, como eram chamados os taxistas na época.

Em 1955 casou-se com Maria da Conceição Silva (Bioca)com quem teve 3 filhas, Marília, Rosane e Rosinha, netos bisnetos.

Em sua profissão de taxista tornou-se conhecido e de confiança das famílias rio-branquenses, as quais entregavam seus filhos a irem e virem com o Mazílio.

Fez muitas corridas com médicos conhecidos como Dr. Edgar, Dr. Ulisses, Dr. Michel, Dr. Slaib e Dra. Edir, levando-os em estradas de chão, às vezes com muito barro e necessitando até mesmo de correntes nos pneus ou carros de boi para puxá-los em lugares longínquos levando atendimento aos que necessitavam.

O usineiro Mário Bouchardet o tinha como amigo e motorista de confiança, pois mesmo tendo motorista particular, o convocava para suas viagens.

Foi exímio motorista, mecânico e lavador de seus carrospois ele mesmo os consertava e os deixava sempre brilhante como espelho na praça.

Sempre lutou por sua classe inclusive na implantação da 1ª cabine telefônica para os taxistas o que foi um marco importante para a época facilitando assim, o atendimento a todos os mais variados locais da cidade e região. Exercendo sua profissão com muita garra e muito zelo até se aposentar. E em 27 de agosto de 2015, já com seus 96 anos, falecia o Sr. Mazílio.



4 de janeiro de 2019 - 13:39

Data da Última Modificação: 4 de janeiro de 2019 - 13:39

Comments are closed.