Visconde do Rio Branco, 21 de outubro de 2019

PREFEITURA PROSSEGUE COM PROJETO DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL

5 de junho de 2019

TRABALHO ESTÁ SENDO DESENVOLVIDO DESDE 2017 NAS SERRAS DE SANTA MARIA E PIEDADE DE CIMA

O maior projeto ambiental da história de Visconde do Rio Branco gradativamente vai ganhando forma para que, a médio prazo, os primeiros resultados positivos comecem a ser observados. Desenvolvido desde 2017 pela Prefeitura, o trabalho de recuperação das serras de Santa Maria e Piedade de Cima, localidades onde ficam situadas as principais nascentes que abastecem a cidade, atualmente está na fase de cercamento de áreas protegidas e construção de barraginhas e curvas de nível.

Prevista para começar em novembro, a próxima etapa da iniciativa consiste no reflorestamento dos locais que estão sendo cercados. “As técnicas apresentadas aos produtores e proprietários rurais nas muitas reuniões e eventos que fizemos já começaram a sair do papel, principalmente com o apoio que recebemos do IEF, que doou mourões, arames, adubos, pregos e formicida. O auxílio dado pela Pif-Paf também tem sido importante, uma vez que os dois perfuradores de solo que nos foram cedidos estão sendo fundamentais para agilizar o cercamento e futuramente, nos ajudarão bastante na execução do plantio”, explicou João Paulo Franco, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente.

Além dos materiais, a parceria com o IEF também incluiu a doação de 100 mil mudas prontas, que serão somadas às mais de 30 mil que estão em cultivo no Viveiro Municipal. “Coletamos sementes de árvores nativas da região, pois é importante pegar plantas adaptadas ao local e cerca de seis meses após o início deste trabalho, já tínhamos boa parte mudas no ponto. As áreas estão sendo preparados e tão logo comece o período das chuvas, vamos realizar o plantio. Poucos municípios da região possuem um horto florestal que produz em grande volume igual ao de VRB e além do cultivo pensando neste projeto, nos últimos anos fizemos a doação de mais de 80 mil mudas de várias espécies para que os produtores, inclusive de Santa Maria e Piedade de Cima, plantassem em suas propriedades”, relatou o Diretor de Praças e Jardins, Luiz Mendonça.

“VAMOS CONTINUAR EMPENHADOS, NOS ESFORÇANDO PARA CUMPRIR TODAS AS ETAPAS DO PROJETO”, AFIRMA PREFEITO IRAN

“Apesar do acordo para que o pagamento comece a ser feito a partir de janeiro do ano que vem, os milhões pertencentes à Prefeitura retidos pelo Governo do Estado prejudicaram, e muito, o planejamento que tínhamos elaborado para o desenvolvimento deste projeto ambiental. Inclusive, fomos obrigados a romper o convênio com a UFV, que nos ajudou a dar o pontapé inicial nesse trabalho, por não termos condições de arcar com os valores previstos. Porém, diante da grande importância de recuperar as principais nascentes que abastecem a população e do nosso engajamento na causa, conseguimos atrair potenciais parceiros que colaboraram efetivamente conosco em diversas frentes. Mesmo em meio às dificuldades que ainda estamos enfrentando, vamos continuar empenhados, nos esforçando para cumprir todas as etapas do projeto e preservar os nossos recursos naturais, garantindo que em um futuro próximo, os rio-branquenses fiquem livres do risco de sofrer novamente com a falta de água”, afirmou o Prefeito Iran.



17 de junho de 2019 - 09:28

Data da Última Modificação: 17 de junho de 2019 - 09:28

Comments are closed.