Visconde do Rio Branco, 22 de agosto de 2019

PREFEITURA PROSSEGUE COM REGULARIZAÇÃO DE VANS QUE PRESTAM SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR

5 de agosto de 2019

VISTORIA DOS VEÍCULOS É A ÚLTIMA ETAPA ANTES  DA CONCESSÃO DOS ALVARÁS

A fim de assegurar o cumprimento da legislação tributária do município, bem como os critérios estabelecidos pelo DETRAN-MG, a Prefeitura de Visconde do Rio Branco está efetuando a vistoria das vans que realizam transporte escolar particular na cidade. A medida, que também objetiva garantir a segurança e o conforto dos estudantes que são usuários do serviço, é mais uma etapa do processo de regularização da atividade.

A cargo do Departamento de Trânsito, o procedimento é executado no pátio do Almoxarifado Municipal e pode ser agendado pelo telefone 3559-1922. “Já fizemos a vistoria de algumas vans e os motoristas e proprietários estão sendo receptivos a esse trabalho, pois entendem que os veículos devem preencher uma série de requisitos para prestar o serviço de forma adequada e segura”, salientou Alexandro Castro, responsável pelo setor. “Esse projeto da Prefeitura ajuda todo mundo, porque o carro tem que andar legalizado, sem bagunça, para não ter problema nenhum com a Polícia. Para nós está sendo muito bom”, relatou o proprietário de van, Márcio Antônio de Oliveira.

A Secretária de Fazenda e Execução Fiscal, Itaci Braga, destacou que somente após a verificação do veículo é que o alvará será concedido ao proprietário. “Promovemos algumas blitzes alertando para o prazo de recadastramento e inscrição de novas vans para o transporte escolar e através desta iniciativa, chamamos também a atenção para as normas impostas pelo DETRAN. De forma gradativa, cumprimos todas as etapas para a regularização da atividade, que agora passa pela vistoria dos veículos. Apenas os que forem verificados pelo Departamento de Trânsito estarão aptos a receber os alvarás para a prestação do serviço. Em breve, vamos iniciar o trabalho de fiscalização e quem não estiver legalizado, com a documentação em dia, será autuado pela Polícia Militar e sujeito as penalidades cabíveis”, disse.



6 de agosto de 2019 - 18:55

Data da Última Modificação: 6 de agosto de 2019 - 18:55

Comments are closed.