Visconde do Rio Branco, 31 de março de 2020

PREFEITURA TRABALHOU PREVENÇÃO AO SUICÍDIO DURANTE SETEMBRO AMARELO

29 de outubro de 2019

MOVIMENTO DE PROMOÇÃO DA VIDA CAPACITOU SERVIDORES DA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

150 servidores das Secretarias Municipais da Saúde e de Desenvolvimento Social receberam capacitação do movimento “Setembro Amarelo”, de prevenção ao suicídio. A campanha foi implementada pelo Ministério da Saúde em 2015 e busca propor reflexões na sociedade acerca da depressão e do autoextermínio. Em Visconde do Rio Branco, a Prefeitura destacou profissionais do Centro de Atenção Psicossocial CAPS, que percorreram todas as dez unidades da Estratégia Saúde da Família, Hospital São João Batista, se reuniram com os profissionais do CREAS*, CRAS**, Bolsa Família e Conselho Tutelar, e promoveram uma ação no dia 28 de setembro, aniversário da cidade, diretamente com a população, difundindo ações de preservação da vida.

O “Setembro amarelo” também difundiu os equipamentos da Saúde Pública de VRB que atendem a pessoas com quadros de tristeza, isolamento social e sofre com fragilidades que afetam não só a saúde mental, mas a física e emocional também, e que podem desenvolver tendências suicidas. “Percebemos como é difícil e delicado ainda tratar com esta situação, porque a maioria das pessoas se sentem despreparadas quando percebem que alguém está prestes a cometer o ato ou diante de quem já tentou tirar a própria vida.  Então, capacitamos nossos profissionais para acolher melhor esta demanda e saber o que fazer, para onde encaminhar, quais são os recursos que temos como município e saúde pública, como o CAPS e, em casos mais graves, temos internação no leito de retaguarda no Hospital São João Batista”, contou Nara Queirós, Referência Técnica em Saúde Mental no município.

Os Agentes Comunitários de Saúde são os profissionais que mais contribuíram para indicar pacientes para atendimento qualificado, como explicou Nara. “Ouvimos muitos profissionais que já enfrentaram casos de risco e que agora estão mais atentos, inclusive com adolescentes; principalmente os Agentes dos PSFs, pois eles visitam as casas e percebem melhor os problemas que as famílias estão passando. Então, foi muito importante tirar as dúvidas destes profissionais, pois é um assunto muito delicado e que pode acometer qualquer ser humano”. A psicóloga ainda deixou uma recomendação. “Quando percebemos que algo grave está acontecendo, não podemos deixar a pessoa sozinha. As estatísticas mostram que quem comete o suicídio normalmente disse que iria cometer, ela demonstra vários sinais, não é sempre silencioso. Lembrando sempre de não julgar, ouvir mais as pessoas e não deixa-las sozinhas quando estão enfrentando este momento”, finalizou Nara.

*CREAS Centro de Referência Especializado de Assistência Social

**CRAS Centro de Referência de Assistência Social

 

SERVIÇO

Centro de Atenção Psicossocial

Local: Avenida São João Batista

Horário: 7h às 17h



30 de outubro de 2019 - 08:17

Data da Última Modificação: 30 de outubro de 2019 - 08:17

Comments are closed.

Abrir Zap
Fazer uma denúncia sobre Coronavírus...
Fazer uma denúncia sobre Coronavírus...
Powered by