Visconde do Rio Branco, 24 de maio de 2019

TRABALHO PREVENTIVO CONTRA O AEDES AEGYPTI CONTINUA A TODO VAPOR EM VRB

8 de janeiro de 2019

INTENSIFICADAS EM OUTUBRO, AÇÕES DE COMBATE AO MOSQUITO SEGUEM SENDO DESENVOLVIDAS PELA PREFEITURA

Ano novo, preocupação velha. As doenças transmitidas pelo Aedes aegypti continuam afligindo grande parte da população brasileira, principalmente nesta época em que as “chuvas de verão” estão caindo e há o constante registro de altas temperaturas em muitas regiões do país. Apesar de o cenário ser favorável para uma maior incidência do mosquito, a Prefeitura de Visconde do Rio Branco segue engajada no desenvolvimento do trabalho preventivo que foi intensificado a partir de outubro de 2018, com ações que vão além das que são preconizadas pelo Ministério da Saúde.

Entre as medidas realizadas para proteger os rio-branquenses de enfermidades como dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela, estão o mutirão de limpeza, que percorre os bairros fazendo a retirada de lixos e entulhos e a aplicação gratuita de telas nas caixas d’águas das residências. “Sempre frisamos que o combate ao Aedes acontece durante todos os meses. Porém, em determinados períodos é necessário intensificar as medidas preventivas por conta das condições climáticas, que neste momento são propícias para a proliferação do mosquito. Ao longo de 2018, recolhemos 145 toneladas de materiais inservíveis que acumulam água, fizemos o telamento de mais de oito mil caixas d’água e seguimos com outras frentes, como visitas domiciliares, campanhas educativas e atendendo aos chamados da população”, disse o Diretor de Vigilância em Saúde, Bruno Ramos.

O Prefeito Iran reafirmou o compromisso da Gestão Municipal no combate ao Aedes, lembrando que durante o recesso de fim de ano, quando não houve expediente nas repartições públicas municipais, a equipe de Endemias e Zoonoses foi uma das que trabalharam em regime de plantão. “Demos sequência a algumas atividades imprescindíveis, como a busca ativa no Hospital e Unidades de Saúde e o bloqueio vetorial. Desde outubro estamos mobilizados, inclusive, desenvolvendo um trabalho de integração entre as Secretarias de Saúde e Obras, para fortalecer o combate ao mosquito, causador de tantas doenças. Acompanhando o noticiário nos últimos dias, vi que o sinal de alerta já foi ligado em Minas Gerais, pelo número elevado de casos de dengues registrados neste início de ano. No que depender do nosso empenho, VRB estará longe dessas estatísticas negativas”, destacou Iran.    



8 de janeiro de 2019 - 15:55

Data da Última Modificação: 8 de janeiro de 2019 - 15:55

Comments are closed.