Visconde do Rio Branco, 04 de junho de 2020

MINISTÉRIO PÚBLICO RECOMENDA E PREFEITURA DE VRB ADERE AO PLANO MINAS CONSCIENTE

10 de maio de 2020

MUNICÍPIO PASSARÁ A SEGUIR DIRETRIZES E PROTOCOLOS ESTADUAIS PARA TRAÇAR O RETORNO GRADUAL DA ECONOMIA

As atividades comerciais em Visconde do Rio Branco voltarão a ser restringidas a partir da próxima segunda-feira (11). Em atendimento a uma recomendação do Ministério Público visando o alinhamento das medidas adotadas pelas cidades da região, a Prefeitura revogou a autorização concedida para o restabelecimento de diversos setores produtivos. O documento expedido pelo MP, direcionado aos 94 municípios que integram a macrorregião de Juiz de Fora, também orienta a adesão ao plano “Minas Consciente”, criado pelo Governo do Estado. Desta forma, com a publicação do decreto 069/2020, VRB passará a seguir as diretrizes e protocolos estaduais para traçar o retorno gradual da economia local em meio à pandemia do novo Coronavírus. A decisão foi comunicada aos representantes da Associação Comercial e Industrial (ACIV) em reunião realizada na tarde do último sábado (09).

O planejamento do “Minas Consciente” engloba um conjunto de dados econômicos e de saúde pública da região que analisados resultam em estratégias para que as Prefeituras possam flexibilizar as medidas de isolamento social. O plano divide as atividades em quatro “ondas”, indicadas por cores. A verde, que inicialmente vigorará em Visconde do Rio Branco, compreende os serviços essenciais. A branca, amarela e vermelha, apontam setores de baixo, médio e alto risco, respectivamente, que conforme o cenário de momento no que se refere à capacidade assistencial e propagação da doença, poderão ser liberados progressivamente. Há ainda uma lista de segmentos econômicos que compõem um grupo à parte e, devido ao perigo iminente de disseminação da covid-19, só deverão ser retomados após a normalização da situação endêmica no Brasil.

“CONTINUAREMOS TRABALHANDO PARA PRESERVAR A SAÚDE DA POPULAÇÃO E RESTABELECER A ECONOMIA EM VRB”, AFIRMA PREFEITO

“Com o constante avanço no número de óbitos decorrentes da doença nos últimos dias no país, o Ministério Público recomendou que a macrorregião de Juiz de Fora aderisse ao plano do Governo do Estado. Ainda não temos nenhum caso, mas outras cidades próximas já registram uma quantidade de confirmações considerável. Como a rede hospitalar é voltada para o atendimento a um grupo de municípios, deveremos seguir um alinhamento regionalizado. Havendo uma estabilização no avanço da doença a nível regional, as atividades poderão ser retomadas gradativamente. Anteriormente, nos mobilizamos para viabilizar uma estrutura no Hospital São João Batista que assegurasse o acolhimento para os casos de Coronavírus que venham a ocorrer aqui, além de realizarmos diversas medidas preventivas. Seguiremos atentos ao cenário, que pode mudar diariamente, e continuaremos com o nosso trabalho para preservar a saúde da população e restabelecer a economia em VRB”, afirmou o Prefeito Iran.

Segmentos que poderão funcionar normalmente, seguindo normas sanitárias:
Fábricas de modo geral;
Construção Civil e afins;
Confecções;
Comércio Varejista de Tecidos;
Gráficas;
Supermercados (mercados, armazéns, mercearias);
Comércio atacadista de chocolates, confeitos, balas e similares;
Lojas materiais de construção;
Lojas de auto peças;
Comércio varejista de equipamentos de informática;
Farmácias e Drogarias;
Distribuidor de gás;
Padaria e confeitaria;
Açougues;
Serviços de RH;
Posto de Gasolina;
Oficinas mecânicas e afins, borracharias, lanternagem e pintura, retífica de motores;
Consultório Veterinário;
Óticas;
Clínicas de Saúde;
Lojas de veículos e motocicletas, peças, acessórios e afins;
Lojas de eletrônicos e celulares
Lava jato;
Lojas de agropecuárias e afins;
Lanchonetes e sorveterias; (acesso controlado, atendimento de balcão com distância de 2 metros, poderá haver consumo dentro do local).

Atividades somente delivery (tele entrega):
Comércio em Geral;
Restaurantes;
Bares;
Trailers e quiosques.



11 de maio de 2020 - 09:05

Data da Última Modificação: 11 de maio de 2020 - 09:05

Comments are closed.