Visconde do Rio Branco, 10 de julho de 2020

PREFEITURA RETOMA PROGRAMA REMÉDIO EM CASA

18 de junho de 2020

INICIATIVA PROPORCIONA COMODIDADE E SEGURANÇA A PACIENTES COM DIFICULDADES DE LOCOMOÇÃO

Implantado em 2014 como mais uma medida para humanização da saúde, o Programa Remédio em Casa, interrompido por conta da falta de repasse de recurso do Governo do Estado, retomou suas atividades no mês de junho proporcionando maior comodidade e segurança aos pacientes que não podem ir até a Farmácia Municipal. “Essa iniciativa foi elaborada no intuito de atender pessoas mais vulneráveis como os idosos, levando os medicamentos até as suas residências, e agora, durante a pandemia, estendemos o atendimento as gestantes e aos grupos que possuem comorbidades”, explica a Farmacêutica do município, Flávia Natalino.

Atualmente a ação abrange cerca de 600 pacientes e, para ser beneficiado, o cidadão deve realizar um cadastro no Posto de Saúde mais próximo, o qual irá encaminhar a demanda à Farmácia Municipal. A entrega dos remédios, em quantidade suficiente para dois meses, bem como as instruções de uso, é feita pela Farmacêutica Jhenifer Galdino, geralmente acompanhada pelo Agente de Saúde do local.  “Na região que atendemos há indivíduos acamados, deficientes visuais, diabéticos, pessoas que muitas vezes nem têm quem buscar a medicação, então o programa otimiza essa logística, principalmente nesse contexto de isolamento que estamos vivendo”, afirma o Agente Samuel Santos.

Moradores do bairro Cohab 3, Dona Catarina e Senhor Joaquim Souza foram um dos primeiros rio-branquenses a receberem o remédio em casa no retorno da iniciativa. “Meu filho estava buscando para nós, mas como ele voltou a trabalhar, não pôde mais. Então eu mesma estava indo à farmacinha, porém sinto muita dor no corpo e meu marido também. Agora vai ser bom demais trazerem os medicamentos para a gente, facilita muito”, afirma Catarina.

Quem também aderiu à ação foi o Senhor José Bernardino, o qual se mostra satisfeito em não ter que se preocupar em trazer os remédios essenciais para ele e sua família. “Antes a gente tinha que pedir alguém para pegar e agora não precisa mais, a Prefeitura trouxe os medicamentos para mim e para a minha esposa. A Farmacêutica veio, separou tudo direitinho e também explicou como temos que tomar”, comenta o morador do bairro Novo Planalto.

De acordo com o Prefeito Iran, o objetivo do programa que já era preservar a população mais vulnerável foi ampliado, fazendo-se ainda mais necessário com a chegada do covid-19. “Assim como aconteceu com a vacinação contra a gripe em que nenhum idoso precisou sair de sua residência, o Remédio em Casa irá oferecer a mesma tranquilidade e segurança. A Prefeitura, junto à Secretaria de Saúde, não mediu esforços no sentido de retomar essa iniciativa, especialmente para proteger os cidadãos nesse momento de pandemia”, conclui.



19 de junho de 2020 - 13:46

Data da Última Modificação: 19 de junho de 2020 - 13:46

Comments are closed.